Vocês estão preparados para o Review Fuuka Anime e o Final de quebrar a cabeça?

A adaptação para o mangá Fuuka (風夏) escrita e ilustrada por Kōji Seo em anime, a partir da sua segunda etapa, não só preocupou muita gente como fez um “certo” alvoroço entre os fãs do mangá, logicamente que para quem não é fã acabou que sendo algo até previsto.


http://www.dailymotion.com/video/x5hmri7_fuuka-anime-2017-pv-01_shortfilms

Dados Técnicos

Sinopse

Yuu Haruna sem muitas ambições e vivendo sua vida escolar acaba se encontrando com uma garota chamada Fuuka que tem uma boa aptidão atlética mas sente que sua felicidade está incompleta. Fuuka gosta muito de ouvir música e por coincidência ela é fã da mesma banda que o Yuu. Após alguns acontecimentos uma banda de música se forma em torno da Fuuka, que tem como rival no amor uma estrela da música juvenil e também amiga de infância do Yuu, a ídolo Koyuki.

Sobre o anime:
Data de estreia: 06/01;
Estúdio: Diomedea (Campione, Kuusen Madoushi Kouhosei no Kyoukan)
Elenco: Lynn, Hayami Saori, Kobayashi Yuusuke, Muranaka Tomo, Tomatsu Mikako.
Diretor: Keizou Kusakawa
Roteiro: Aoi Akashiro, Touko Machida
Character Design: Yoshino Honda
Nº de episódios: 12
Origem: Mangá (12 volumes – em andamento)
Site oficial: Fuuka.tv
Gênero: Música, drama, romance, vida escolar

A Crítica

O anime:

Fuuka é um anime que conta a história de uma garota que em busca de um algo a mais que completasse a sua felicidade, acabou descobrindo na música seus novos amigos e um objetivo para a vida. Apesar da diversão de estar começando algo novo, logo começaram os problemas, a descoberta de um sentimento até então desconhecido [amor] e a rivalidade com alguém que até então tinha tudo em seu controle, como o sucesso, o carinho do melhor amigo e uma vida “invejável”. A protagonista Fuuka em sua simplicidade e humildade, acaba se afastando de seus amigos e tomando alguns caminhos tortuosos, e um deles levando até mesmo a sua morte, fazendo de Fuuka uma imagem [lembrança] de esperança para seus amigos seguirem em frente.

Produção (animação e direção de arte)

A animação, assim como o character designer e até mesmo a direção de arte foram muito bem. Para uma produtora considerada mediana, assim como para com o orçamento do anime, a equipe de produção fez por merecer, conseguindo dar vida em certos momentos que exigia um certo tratamento especial, e mantendo um nível considerado na outra grande parcela de cenas que não exigiam muitos esforços. Nota 9,5.

Interpretação

Seria injusto não perceber o esforço que toda a equipe teve para dar um tom de “musicalidade” a animação, pois não bastava apenas a banda entrar no momento das músicas, mas tinha que ter uma introdução melódica, e todos conseguiram fazer isso, inclusive aquelas vozes secundárias que em alguns momentos nos fizeram sentir certa indignação com a euforia deles contra o principal herói. Nota 9,5.

Direção

A direção de Fuuka, não foi das piores mas também não deixou a desejar. Com o pouco que tinha conseguiram fazer um bom trabalho, conciliando a música, os dublês (seyus) e a animação. Mas irei desconsiderar meio ponto, por essa mesma direção não conseguir ser incisiva do começo ao fim, teve alguns momentos no anime, que demonstrou uma certa ausência se um rítmo contínuo, algo como uma pré extensão do climax . Nota 9,0.

Roteiro

A primeira parte, escrita pelo Akashiro foi até que bem, um pouco lenta para um anime de apenas 12 episódios, mas que conseguiu fazer uma boa introdução e entregar um meio com um público já cativado pela obra. Agora a segunda parte, escrita pela Machida, foi bastante controversa e em alguns momentos incertos, pois houve uma alteração RADICAL entre a obra original e o roteiro adaptado em anime. Com destaque em especial aos últimos episódios onde a então protagonista [no anime] Fuuka escapou de uma morte certa, o que ocorreu no mangá com ela sendo heroína. Muitos fãs não gostaram muito, mas na ótica de um anime de apenas um cour, morrer o personagem de maior influencia resultaria em uma receita desastrosa na vendas de mídia. E essa alteração também resultou em uma visão alternativa ao mangá, o que acaba sendo agradável para muitos outros fãs. Nota 9,8.

Diversão

Creio não precisar comentar muito. O anime Fuuka inspirou, pois narrou a vida cotidiana de alunos em suas vidas escolar se descobrindo, fazendo amizades e dando lição de moral para nos “grandalhões” na frente das telinhas. O romance que continha no anime, era bem suave e doce, tão imaturo que fazia lembrar dos nossos primeiros amores; e não deixemos o drama de lado, pois a Diomedea conseguiu conciliar o drama com a satisfação muito bem, pois logo após um duro choque de realidade, ela nos proporcionava em suas animações detalhes vibrantes, como a primeira apresentação do grupo na praia, logo após um momento de “gelo total”. Nota 9,5.

Comentários

Fuuka merece aplausos, palmas, elogios, conseguiu sendo tão simples, emplacar fãs que acompanharam semanalmente cada episódio. Eu recomendo para todas as pessoas que buscam um anime light, que sabe misturar com expertise ingredientes como o drama e o romance, jogando um aroma de musicalidade no final.

Observações

Para essa resenha, utilizei do senso comum para determinar protagonista e heróis, pois em muitos sites e portais de conteúdo japonês você consegue perceber que eles mesmos se confundem. O anime, focou mais na personagem Fuuka, o que a torna a protagonista [incluso o título do anime já referencia] de direito; já o mangá, apesar do título ser de Fuuka, o foco é mais voltado no Yuu Haruna, não é comum esse tipo de situação acontecer, mas acontece, como aconteceu incluso em grandes hits [a exemplo Akame ga Kill]

REVISÃO GERAL
Produção
9,5
Interpretação
9,5
Direção
9,0
Roteiro
9,8
Diversão
9,5
COMPARTILHAR
Artigo anteriorESL One Cologne 2017 levou Não
Próximo artigoEromanga-sensei emplaca audiência de Oreimo
Experiente editor de mangás e tradutor de animes e séries, gestor de websites e colunista crítico de diversas áreas. Apaixonado por jornalismo e cinema, fanático por boas comédias românticas, curte uma ficção científica e aquele bom e velho filme de aventura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui